11 fevereiro 2011

Desejos


Não foi há muitos anos que ouvi algures essa história que se podem pedir desejos na primeira vez que se come um fruto, em cada ano. Os frutos, como quase tudo, já não têm bem épocas próprias ou tempos definidos para nascerem e morrerem, mas há sabores que só fazem sentido em certos meses do ano... insisto eu.
Esta semana acabou com chuva. Houve até trovoada, som que não ouvia há muito tempo, e os morangos no supermercado surgiram desfasados do estado climatérico de uma sexta-feira como esta. Fiquei a olhar para eles tão grandes e perfeitos, vermelhos e definidos, impecavelmente embalados e com um preço a ignorar. Foi então que me lembrei da história dos desejos e os pus no cesto, entre as porcarias que compro para estes fins de semana só comigo, com a casa em silêncio total, a televisão ligada mas calada, os cobertores no sofá, o computador no colo e sucessivas refeições de comida pré-feita e crepes com chocolate prontos em 3 minutos no micro-ondas.

Entre a fila para pagar, as compras no tapete rolante, os "pip's" sucessivos da rapariga da caixa, as coisas no saco plástico e o caminho para o carro, fui sempre a repetir para mim se devia mesmo ter comprado os morangos: "Ainda nem é primavera", "De certeza que não sabem a nada", "Caros... muito caros...".

Nem todas as sextas-feiras como esta são assim: tão caladas e tão vazias. Com tantas perguntas dentro de outras perguntas. Às vezes o silêncio sabe melhor. Às vezes isto tudo consegue ter mais sentido. Porque nem todas as sextas-feiras aparecem morangos no supermercado. Nem todas as sextas-feiras eu trago para casa um fruto novo para pedir um desejo enquanto lhe lembro o sabor, desde a estação do ano passado.
E, surpreendentemente, nem todas as sextas-feiras fico a olhar para uma embalagem de morangos grandes, perfeitos, vermelhos, embalados, caros, muito caros, pousados no balcão da minha cozinha e lhes pergunto: "E agora, que desejo peço eu?".



2 comentários:

Anónimo disse...

Deseja que, da próxima vez que se te deparar uma embalagem de morangos grandes, perfeitos, vermelhos, embalados, estes saibam pelo menos a Verão e que o preço não seja obscenamente astronómico ;)
Keep it up!
Pedro

Poetic GIRL disse...

Espero que tenhas escolhido bem o desejo! E já agora que se realize! bjs