29 outubro 2008

Receita


7 comentários:

Jane & Cia disse...

À cola beguinha... à cola!

Decerto entre esses pedaços há um enorme tubo de cola super forte...

Um beijinho adesivado!...

BlueAngel disse...

A todos os teus pedaços, Amiga!!! Aqueles que te fazem ser quem és, que te tornaram nessa pessoa maravilhosa e nesse ser humano pleno e extraordinário. À família, a que sempre foi tua e à que formaste e estás a formar todos os dias. Ao céu, ao mar, aos livros, à escrita, a nada e a tudo. Agarra-te, porque acredita que está lá tudo, tudo aquilo de que precisas para te sentires inteira e plena. Acredita, porque sabes que nunca te enganei. Também tenho muitas saudades tuas!!! beijocas larocas com amizade :-)

Diana mana disse...

Qual das partes... cada parte é um todo. Agarra-te àquela que estiver mais à mão.
"desde criança foste sempre valente. Se assim à má fila me ordenassem que dissesse duas características tuas respondia logo a valentia e o pudor, formas supremas da elegância"

Cláudia Pinto disse...

Ao pedaço do presente. Ficarás logo muito mais amiga de ti. É o que me têm dito... Ando a tentar e resulta. Extraordinário, não é? Sentir, viver, apelar aos sentidos. Sem pensar muito no futuro que é sempre uma incógnita. Os pedaços do MOMENTO são essenciais para que te agarres a ti própria. Boa sorte nessa descoberta!

Sombr|A|rredia disse...

A todos os pedaços pois todos ja foste, irás ser e és

bjs

scorpiowoman disse...

A todos eles, pois é do conjunto que resultas tu, tal como és e de quem tanto todos gostamos, seja nos teus olhos doces, como nas palavras ditas a esconder a tristeza dos dias ou a rejubilar com o crescimento imparável de um Tigy que é tanto de ti.

Força e mil beijinhos***

Inté!

Rute Borges disse...

Novidades lá!!!!
Sem palavras!!!
Um beijo meu