20 fevereiro 2008

Palavras favoritas


Há uma coisa fabulosa em ter um filho: sentir o tempo passar. Assusta mas traz tantas e tão diferentes descobertas. A última conquista cá de casa está nas pequenas frases que o Tigy vai soltando quando menos se espera. Sim, é fantástico! O meu filho conversa comigo.
As palavras são cada dia mais perceptíveis e correctas e não há nada mais reconciliador com a vida do que rir e brincar com uma criança de dois anos e meio. Principalmente quando essa criança é a nossa.

Antes que o Tigy perca o seu dicionário engraçado, cheio de palavras por ele imaginadas, quero guardar aqui as minhas expressões favoritas. As dele. Ditas pela voz dele. Acompanhadas por aquele olhar que vem de mim.

Popó (Noddy) Pípi (Ruca) Pá (macaco de peluche) bacha (bolacha) Patita (Pateta) Pita (Mickey) Pupo (Lobo) "nã tem pilha" (quando os brinquedos não funcionam) "qué papo" (Nestum) "caca" (chocolate) Pai Tau (Pai Natal) "a minha bebé" (fralda) "o pé" (pé e sapato) Tita (ouriço de peluche) miau (gato) "bói a perna" (dói a perna) "tóia" (chora) "é dia" (Bom dia) "de nada" (quando ouve obrigado) "dá a mão" (ao adormecer) "pacha" (pasta dos dentes) "pó do Pai e o pó da Mãe (o carro do Pai e o carro da Mãe)...

mas as nossas preferidas: "Mamã" e "Papá", ditas perfeitamente e com sabor a ternura.

7 comentários:

Anónimo disse...

É verdade... entendo perfeitamente esse sentimento.
Tenho um filhote de 3 anos a quem chamo carinhosamente de Picaxu.
Pode o dia correr mal, pode ser o pior dia de todos, mas basta vê-lo chegar.. sorrir e correr para mim de braços abertos para me dar o maior consolo do mundo e tudo o resto deixa de existir para mim.
Por ele vivo e por ele morreria.

Felicidades para vocês

Mãezana disse...

Tenho um blog há já algum tempo...

hoje,
vim aqui parar...

Estou emocionada, arrepiada, de lágrimas nos olhos.

O seu blog é o mais lindo que eu já vi...juro!

As maiores Felicidades!

Cláudia Pinto disse...

Lindo! Deve ser realmente uma experiência única e irrepetível. Estou desejosa de acompanhar esses momentos, muito em breve, com o nascimento dos meus dois sobrinhos. Irei apreciar cada evolução de ambos e sentir-me muito orgulhosa do crescimento daqueles que já amo incondicionalmente!
Temos mesmo de nos encontrar para poder verificar o dicionário do Tigy! Vamos lá a marcar na agenda :)

Cláudia Pinto disse...

Afinal o nosso encontro foi bem mais rápido do que podíamos imaginar. Para além de ter visto o teu filho e de reparar como ele está enorme e muito giro, também presenciei o que contas neste teu post! Hoje, o Tiago aprendeu a dizer Cláudia e eu fiquei toda contente :)
O teu filho está simplesmente lindo! Uma coisa é certa: não vão passar mais dois anos e meio até voltar a vê-lo.

Beijinhos e adorei rever-vos!

Rui Tigeleiro disse...

ahahahahahahahahah muito bom, obrigado pela partilha.

BlueAngel disse...

Esses são aqueles momentos pelos quais vale a pena andar por este mundo que por vezes nos desencanta. É que os encantos conseguem sempre sobrepor-se aos desencantos e daí sai o verdadeiro sumo da vida. beijocas larocas com amizade

Sombr|A|rredia disse...

:) Acho que fiquei com saudades de ir ver o meu Albúm de bebé :)

Bjos