05 dezembro 2007

Só por ela




Lembro-me bem do dia em que ela saiu de casa. Não daquele em que arrumou roupas, tachos e almofadas e partiu para outro lugar. Não esse. O dia em que a minha irmã saiu de casa foi aquele em que a vi de chinelos à porta de uma casa que não era a minha, mas só dela. A partir dali os nossos encontros eram as férias e os fins-de-semana e cada vez mais separadas pela distância encurtámos, progressivamente, este sentimento forte e seguro, que não sinto por mais ninguém. Só por ela.

Porque há coisas, instantes da vida, que por muitos pequenos que pareçam colam-se à memória como sinais da pele e voltam quando menos se espera ou então quando se chama o passado para tapar buracos do presente. A minha irmã esteve sempre lá: nas tardes que passávamos a ver filmes alugados no clube de vídeo e chorávamos de tanto rir com comédias de nenhuma qualidade; no quarto partilhado por tantos anos; nas férias na praia e de um escaldão em particular; nas primeiras voltas por Lisboa; nos desatinos da adolescência. E a minha irmã tem estado sempre lá: nos meus primeiros passos na faculdade; nos problemas por tudo e por nada; nos momentos mais difíceis e mais marcantes e nos melhores de todos, nos 9 meses da minha gravidez como na primeira noite com o Tigy ao lado...


Hoje a minha irmã foi mãe. E eu que sempre pensei ser tia muito antes de ser mamã, só queria estar sempre ao lado dela como ela tem estado do meu. Incluindo o dia de hoje, esta noite e este preciso momento.

17 comentários:

mamã Xana disse...

Muitos Parabéns! :)

Carina disse...

Excelente novidade! Parabéns à mãe e ao pai, parabéns aos avós e também parabéns à tia, que sei que vai ser mt babada!
BJS
Carina

ana disse...

parabéns à mana.

Conheço bem esse sentimento especial que se tem por um irmão. é mesmo único.

Infelizmente perdi o meu e tenho mesmo que guardar o que tu chamas de :

"Porque há coisas, instantes da vida, que por muitos pequenos que pareçam colam-se à memória como sinais da pele "

um bj

CLS disse...

Felicidades para a nova mamã e o seu rebento! Não estás ao seu ado fisicamente, mas com certeza que ela sente o teu apoio, descansa. Um beijinho

Ma. Luis disse...

Beijinhos a D., sei o quanto especial este momente é para ela!
Beijinhos também à tia Andreia, ao tio Pedro e ao primo Tiago!

anoquinha disse...

Muitos Parabens tia!! beijo

Cláudia Pinto disse...

Estou arrepiada! Daqui a uns meses, vou experimentar a sensação de ser tia a dobrar (os meus manos vão ser pais com dois meses de diferença). Espero estar lá, ser uma tia muito babada e acompanhar o crescimento dos meus sobrinhos. Imagino o quanto te custou escrever um post em vez de estares junto à tua mana... mas a vida é mesmo assim e certamente que o fizeste ou estás a fazer no momento em que eu escrevo este comentário. Muitos Parabéns para toda a família! Depois trocamos experiências de tias ;)

Beijinhos grandes.

BlueAngel disse...

Faltava eu, certo? Não, não faltava, porque já vos tinha felicitado via SMS. Sabendo da importância deste momento para toda a família, especialmente para os papás, não podia deixar de dar aqui o meu testemunho. Sou filha única, desconheço esses sentimentos que descreves relativamente a uma pessoa com o mesmo sangue. Contudo, sinto o mesmo relativamente a uma amiga em particular e sei o quanto é boa a sensação que estás a sentir. Muito boa, mesmo!!! Mais uma vez muitos parabéns a todos e muitas felicidades para a pequenina que vos vai continuar a alegrar os dias e as noites. beijocas larocas com amizade

ana disse...

olá beguinha

o convite que te enviei para a minha galeria flickr, é para veres a tal foto que acompanhei com as tuas palavras.

um bj

Rute Borges disse...

Parabéna à tua mana e a ti!!
Um beijo enorme, meu de feliz natal e um ano novo cheio de alegrias!!!
Rute Borges
http://preparacaoparto.blogspot.com/

mamã disse...

Feliz Natal, com muita Paz, Amor, Carinho e Ternura!!

Bjs grandes

Carla e Joaninha

nils disse...

És tão boa irmã, como mãe, como certamente serás enquanto tia... E, claro, muito terna mulher minha. Procuro saber sobre ti onde quer que saiba que estás. E na minha busca por ti, para ser melhor por ti, muitas das vezes te prejudico e magoo. É a verdade! É público! Amo-te! E teu amor é melhor, teu amor é mais forte... porque sabe perdoar! Contigo aprendo.

Rute Borges disse...

A caminho de um dois, dois zeros e um oito...
Que a vida seja melhor que os... 6 e 7 do passado...
Um 2008 Excelente para todos nós!
beijo meu

bruno disse...

sem palavras!
muito bom, lindo!

Cláudia Pinto disse...

Começo a ficar cheia de saudades dos teus posts. Volta!

Carla disse...

Adorei o teu blog. Cheio de imagens bonitas e textos que não apetece parar de ler :) Este texto é um deles. Parabéns, titia.Também tenho uma irmã e adoro-a. E também estou à espera de vir a ser tia :) Beijo grande.

Cláudia Pinto disse...

Ena ena, acabei de verificar que tens um logotipo novo para o teu blog. Está tão giro, cheio de vida e cor! Adorei!!! Para ser tudo perfeito, só falta mesmo voltares aos posts deliciosos que apetecer ler e ler e ler...

Beijinhos