01 setembro 2008

O melhor de mim


O melhor de mim vem de dentro, de uma felicidade adolescente que trouxe desse tempo para ficar, e viver, comigo. É a felicidade que me faz apaixonada, fã, adepta, conversadora ou conversadeira. Uma menina de sonhos, a fazer valer as certezas, sempre a persistir, a vencer o medo, a usar o coração. De quando em vez, guardo o tempo que dou só para mim, escolho o silêncio, perco-me em balanços. Então desabam as lágrimas, recorro ao mais fundo da memória e, no fim, lembro de como gosto da vida que tenho.
Aquela que me fez por fora ser como sou: me deu o tom dos meus cabelos, os contornos das minhas mãos, os sinais do meu corpo, a forma como a roupa me cobre a pele. A vida que me enche de desejo ou de ciúmes, me tenta vencer pela preguiça mas sai vencida pelas manias que cultivo e pela força que mantenho. Usando da poesia, ouvindo os outros com atenção, sei guardar segredos e estar presente, sei apertar abraços e partilhar beijos. E, enquanto escrevo, transformo-me na melhor amiga de mim própria. Aquela que gosta tanto da forma como eu sou.


4 comentários:

SombrArredia disse...

Deixa-me dizer-te que apesar de n nos conhecermos pessoalmente, seu que és uma pessoa linda e este texto espelha-o..
:)
Beijo na palma da mão

nils disse...

Se algo tive haver com tua partida... alegrar-me-ia saber ter algo a ver com teres voltado. És melhor e ao teu lado me sinto mais pequeno e pior. Precisarei sempre de ti. Mesmoquando pareces ida de mim.

BlueAngel disse...

Eu também gosto da forma como tu és e é um privilégio ter-te entre o meu círculo de amigos! :-) beijocas larocas com amizade

Charles C. disse...

Adorei o blog!
Queria pedir pra você visitar o meu tbm, onde eu narro os meus últimos dias de vida, já que tenho um tumor em minha cabeça e me resta pouco tempo. Agradeceria muito!
grande abraço.

www.ultimodezembro.blogspot.com